O Fortaleza continua priorizando a saúde mental de seus jogadores após o atentado ao ônibus do clube em Recife na última semana. Na noite desta terça-feira, o clube confirmou o afastamento do atacante Thiago Galhardo, abalado pelo ataque. 

“Thiago Galhardo é liberado pelo Fortaleza Esporte Clube para cuidar da saúde mental. O atleta vem sendo acompanhado pelo Departamento Médico do Clube e retorna às atividades após um período de sete dias de afastamento. O Fortaleza deseja forças ao atleta e uma pronta recuperação. O Clube segue acompanhando condições para melhor conforto e segurança no retorno de Thiago Galhardo”, explicou o clube em comunicado. 

Nas redes sociais, Thiago Galhardo confirmou estar sofrendo com crises de pânico. Liberado pelo clube, o atacante foca em sua saúde mental. 

“Hoje me encontro de uma maneira interna na qual nunca me vi antes. Não importa aqui especificar o diagnóstico que o médico colocou no meu atestado, mas o fato é que estou angustiado, me sentindo profundamente abalado e com momentos de crises de pânico que não desejo para ninguém! Quem sente ou já sentiu isso vai entender bem do que estou falando”, escreveu Galhardo. 

Nesta terça, a Federação Cearense de Futebol pediu junto ao STJD a suspensão de qualquer partida de competições da CBF em Pernambuco, até que o Estado garanta a segurança das equipes visitantes. 

O zagueiro Titi, outro jogador afastado por conta do atentado, concedeu entrevista forte nesta terça, lamentando o que aconteceu. O ônibus do clube foi apedrejado por vândalos na saída da Arena Pernambuco. 

“Foi uma tocaia. Eles sabiam exatamente o que estavam fazendo e o que queriam: tirar nossas vidas. O ambiente está de muita tristeza. Todos os atletas estão abatidos, abalados com o que vivemos. E só nós sabemos o que passamos, jogadores chorando, gritando, era sangue em todo canto do ônibus, mas no dia seguinte a bola estava rolando. E eu faço uma mea culpa, porque no dia do Danilo, eu fui apenas gravar um vídeo. Nós temos que parar. Porque isso vai parar em morte”, disse o defensor ao Sportv. 

Além de Titi, Brítez, João Ricardo, Sasha, Dudu e Escobar são acompanhados pelo departamento médico do clube por conta de ferimentos. Como Galhardo, outros jogadores são observados pelos psicólogos do Leão e contam com acompanhamento psicológico. 

Brasil

Thiago Galhardo

NomeThiago Galhardo do Nascimento Rocha

Data de Nascimento/Idade1989-07-20(34 anos)

Nacionalidade

Brasil

Brasil

Dupla Nacionalidade

Itlia

Itlia

PosioAtacante (Centroavante) / Meia (Meia Ofensivo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *