CNN Esportes

O São Paulo conseguiu, nesta quarta-feira (3), a difícil missão de vencer o Athletico-PR na Ligga Arena, em Curitiba, ao fazer 2 a 1 fora de casa pela 14ª rodada do Brasileirão e, assim, entrar no G4.

O Furacão, aliás, não era derrotado em seu estádio pelo Brasileirão há mais de um ano (21 jogos), mas o Tricolor conseguiu superar a pressão da torcida, o gramado sintético e a tensão entre os jogadores para triunfar.

Calleri decide para o São Paulo

Foi o visitante, inclusive, que abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo, após bela finalização do atacante Ferreirinha. Mas o empate do Furacão veio logo, cinco minutos depois, em chute rasteiro do veterano Fernandinho.

Na etapa final, o São Paulo conseguiu segurar o ímpeto do time da casa e chegar à vitória em gol de Calleri, que aproveitou erro da defesa do Athletico e teve que finalizar duas vezes para marcar.

Cartões vermelhos para os dois lados

No fim da partida, uma confusão entre os dois times acabou gerando uma agressão do goleiro Léo Linck a Welington e, consequentemente, o cartão vermelho ao jogador do Athletico.

Mais tarde, o técnico Luis Zubeldía, do São Paulo, também seria expulso pelo árbitro Alex Gomes Stefano.

Situação da tabela e próximos jogos

Com a terceira vitória consecutiva, o São Paulo dorme no G4 do Brasileirão, alcançando a quarta posição, com 24 pontos. O Bahia, que enfrenta o Juventude, nesta quinta-feira (4), na Arena Fonte Nova, pode tirar o time paulista do posto.

Na 15ª rodada, o São Paulo recebe o Red Bull Bragantino no Morumbis. O jogo será no sábado (6), às 20h (de Brasília).

Já o Athletico-PR perde uma posição na tabela, mas segue no G6, em sexto, com 22 pontos. O Furacão visita o Atlético-GO no próximo domingo (7), às 18h30.

Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *