Garantido na fase de grupos da Copa Libertadores da América, o São Paulo mostrou forças no mercado de transferências e garantiu as contratações de Erick, Ferreirinha, Luiz Gustavo e Damián Bobadilla nesta janela. Mas engana-se quem pensa que o clube irá parar por aí. Ao menos é o que garante o portal Goal.

Segundo informações da jornalista Raisa Simplicio, o Tricolor teria sondado a situação do lateral-esquerdo Abner Vinícius, do Real Bétis. Em busca de um atleta para a posição desde a saída de Caio Paulista para o arquirrival Palmeiras, o São Paulo fez uma consulta formal ao estafe do atleta nas últimas semanas.

Cria das divisões de base da Ponte Preta, Abner explodiu para o futebol brasileiro com a camisa do Athletico-PR. Por lá, somou 148 partidas em três temporadas e meia, com cinco gols anotados, 16 assistências distribuídas e o título da Copa Sul-Americana em 2021. Sucesso que o levaram para a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Tóquio.

Ouro no Japão, o lateral acabaria vendido ao Bétis por 10 milhões de euros em janeiro de 2023. Ainda de acordo com o Goal, Abner também desperta interesse do grupo Eagle Holding, capitaneado pelo empresário John Textor, atual dono do Botafogo. O jogador, porém, teria o desejo de permanecer no clube espanhol.

Lateral tem proposta do São Paulo na mesa

Sem Caio Paulista, restou ao São Paulo apostar todas as suas fichas em Welington. Titular em oito dos nove compromissos da equipe na temporada, o jogador é a mais nova preocupação dentro do CT da Barra Funda. Isto porque seu processo de renovação contratual ainda provoca questionamentos na direção são-paulina.

Com contrato válido somente até dezembro deste ano, o lateral rejeitou a primeira proposta de renovação apresentada pelo São Paulo por conta dos valores oferecidos, considerados muito abaixo do esperado. Temendo perdê-lo de graça, o São Paulo enviou uma nova oferta na última semana, segundo o jornalista André Hernan.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.

Natural do Rio de Janeiro, me defino como um autêntico viajante: morei em Minas Gerais, onde me formei em jornalismo na UFOP, e hoje moro no Espírito Santo, onde curso História na UFES. Apaixonado por esportes e história, encontrei nas palavras uma forma de estar perto de minhas grandes paixões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *