A Fórmula 1 pode estar se preparando para expandir sua presença nos Estados Unidos. Depois de incluir Las Vegas, Miami e Austin no calendário atual, a categoria registrou marcas em janeiro que sugerem a possibilidade de um GP em Chicago no futuro.

Os nomes ‘Formula 1 Chicago Grand Prix’ e ‘Grand Prix Chicago’ foram registrados pela Formula One Licencing BV, o setor da F1 responsável pela documentação de marcas e logotipos.

Acelerando em novas pistas

O potencial GP de Chicago acontece após a Nascar realizar sua primeira corrida de rua no Grant Park, um parque público na cidade de Illinois. Embora o registro possa ser apenas uma medida de proteção, Brian Hopkins, vereador local, confirmou que foram realizadas discussões iniciais sobre a realização de uma corrida no centro da cidade.

No entanto, Hopkins apontou que a F1 exige um contrato mínimo de dez anos, uma condição que parece ser inegociável. Além disso, a população de Chicago também pode reagir a uma nova corrida de forma semelhante aos habitantes de Las Vegas, que ficaram divididos após a corrida inaugural da Nascar.

Desafios logísticos e econômicos

Além das questões contratuais, algumas questões logísticas poderiam apresentar desafios. A F1 exigiria uma logística mais complexa que a Nascar por causa do traçado mais longo da pista, o que obrigaria o bloqueio de mais ruas no entorno. A corrida da Nascar foi disputada em um circuito de 3,5 km, enquanto a pista de Las Vegas ocupou 6,1 km.

O asfalto também precisaria de diferentes tipos de reparos. Hopkins explicou que os ajustes feitos para a corrida da Nascar, como soldagem de tampas de bueiros e suavização de buracos, não seriam suficientes para a F1. Tais mudanças tornariam o evento mais caro.

Calendário da F1 nos EUA

Embora a F1 e a prefeitura de Chicago ainda não tenham comentado oficialmente sobre o assunto, já se sabe que em 2024, o primeiro GP programado para ocorrer nos EUA será o GP de Miami, em 5 de maio. Austin hospedará a categoria em 20 de outubro e, por fim, Las Vegas em 24 de novembro.

A Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *