Na última quarta-feira (17), o Inter acertou a contratação do atacante Rafael Borré. O centroavante será mais um dos colombianos que já fizeram parte da história do Colorado. Desde a fundação, o Clube do Povo já contou com a presença de 10 atletas nascidos no país. Veja, a seguir, todos os atletas da Colômbia que já defenderam o alvirrubro.

Inicialmente, é importante ressaltar que a relação com jogadores da Colômbia é recente. O primeiro colombiano da história do Colorado foi o meia Héctor Hurtado, vindo do América de Cali, em 1999. Desde a transação, o Internacional demonstrou mais interesse em jogadores vindos do país e a relação vem se intensificando nos últimos anos.

Logo depois de uruguaios e argentinos, os colombianos são os estrangeiros que mais vestiram a camisa do Internacional. As melhores experiências foram vividas em 2005 e 2006, com o atacante Rentería e o volante Vargas. Ambos os atletas tiveram contribuição direta para boas campanhas no Campeonato Brasileiro e na Libertadores.

Outro nome relevante para a lista de colombianos é o zagueiro Nico Hernández. O profissional foi o mais recente na história do Colorado, já que reforçou o clube na temporada passada. O atleta somou 28 jogos e marcou um gol, porém não permaneceu no Beira-Rio para 2024. O jogador acertou com o San Lorenzo, da Argentina.

Agora, em 2024, o Inter voltará a ter uma relação direta com o futebol colombiano. Isso porque o atacante Rafael Borré desembarcará em Porto Alegre até o mês de julho. O profissional chega depois de efetivar acordo com o Eintracht Frankfurt.

Quais são os colombianos que passaram pelo Inter?

Veja a lista de colombianos que defenderam o Inter:

  • Héctor Hurtado – meio-campo (1999/2000)
  • Wason Rentería – atacante (2005/06)
  • Fabián Vargas – volante (2006/07)
  • Cristian Borja – atacante (2007)
  • Andrés Orozco – zagueiro (2007/08)
  • Rubén Bustos – lateral (2008)
  • Santiago Tréllez – atacante (2019)
  • Andrés Amaya – meio-campo (2021)
  • Juan Cuesta – atacante (2021)
  • Nico Hernández – zagueiro (2023)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *