Jogador mais experiente em campo na noite desta segunda-feira, quando o Juventude eliminou o Internacional nos pênaltis e se classificou para a final do Campeonato Gaúcho, Nenê, que completa 43 anos em 19 de junho, era também um dos mais felizes após a partida. Com longa carreira no futebol, o jogador ajudou a equipe da Serra Gaúcha a voltar à Serie A do Brasileiro com o vice-campeonato da Série B em 2023 e iniciou 2024 cobrando um dos pênaltis que colocou o time na final.

“Estou feliz em particpar. Meu ritmo agora é melhor e, afinal, fico muito contente em colocar um pouco meu nome na história do Juventude” disse o atacante.

Nenê vê Juventude melhor nos dois jogos

Ao falar da atuação na série que levou o Juventude à final – a primeira desde 2016 – Nenê inegavelmente  reconheceu as dificuldades do embate. Contudo, disse que viu a equipe comandada por Roger Machado atuar melhor em ambas as partidas das semifinais.

“Accredito que desde o primeiro jogo fomos consistentes, com muita organização e qualidade. Todos deram o sangue e fizemos por merecer a classificação”, analisou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *