O Fluminense informou que reintegrou os jovens Alexsander, Arthur e Kauã Elias ao elenco, mas John Kennedy foi novamente afastado. O quarteto foi punido por realizar uma festa com presença de mulheres, na concentração do clube.

O camisa 9, que estava afastado desde o dia 23 de abril, havia sido reintegrado na segunda-feira (29), mesmo após não ter comparecido ao treino do último domingo (29), no CT Carlos Castilho.

No entanto, de acordo com a nota oficial do Fluminense, o jogador foi novamente afastado por chegar atrasado à atividade desta terça-feira (30) e vai seguir fora por tempo indeterminado.

Os outros atletas compareceram todos os dias e estão à disposição de Fernando Diniz.

Veja a nota completa do Fluminense

O Fluminense informa que os atletas Alexsander, Kauã Elias e Arthur foram reintegrados ao grupo e estão à disposição da Comissão Técnica. O atleta John Kennedy havia sido também reintegrado ao grupo na segunda-feira, mesmo tendo faltado ao treino de domingo, mas foi novamente afastado na manhã desta terça-feira após chegar ao treino com 01h20 de atraso e, a partir de agora, o afastamento das atividades com o restante do elenco profissional será por tempo indeterminado. 

Festa com mulheres

Kennedy, Kauã Elias, Arthur e Alexsander haviam sido afastados do elenco no dia 23 de abril por indisciplina.

A Itatiaia conversou com fontes ligadas ao Fluminense, que confirmam que o motivo foi um evento dentro da concentração que envolvia mulheres. Eles foram flagrados pela câmera de segurança do hotel.

Além disso, o técnico Fernando Diniz é morador do hotel e conversou com outras pessoas que ele conhece, que confirmaram o horário da entrada das mulheres com os atletas na concentração do Fluminense. Outros jogadores também viram.

O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira (1), às 16h (de Brasília), para encarar o Sampaio Corrêa, em Cariacica, no Espírito Santo, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O jogador negou que tenha participado de uma festa envolvendo mulheres na concentração tricolor, no último dia 19, data que antecedeu o clássico contra o Vasco. Entretanto, ele confirmou outros atos de indisciplina.

“Venho me manifestar sobre os últimos episódios. Sei que meu comportamento não foi dos melhores nos últimos dias, sei que, tanto em campo como fora, não venho entregando o que esperam de mim. Quero pedir desculpas ao clube, à comissão técnica, aos companheiros de equipe e principalmente à torcida que sempre me apoiou, mas queria deixar claro que eu não participei da festa na concentração que foi noticiado”, publicou nas redes sociais.


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *