João Victor Oliva

João Victor Oliva é, no momento, o único cavaleiro apto a ocupar a vaga reservada ao Brasil no Hipismo de Adestramento em Paris-2024 (Foto: Rui Pedro Godinho)

João Victor Oliva conquistou resultados expressivos no fim de semana. Montando Feel Good V. O., o brasileiro foi vice-campeão no Grand Prix no sábado (23). Esse evento qualificou os 15 melhores para o Grand Prix Special disputado neste domingo (24). Com 71,85% de aproveitamento, o cavaleiro finalizou campanha no Internacional de Adestramento 3* de Alter do Chão, em Portugal, em terceiro lugar. Até o momento, esse é o único conjunto (cavalo/cavaleiro) apto a ocupar a vaga reservada ao Brasil no Hipismo de Adestramento nos Jogos Olímpicos de Paris-2024.

Com os 70.93% registrados no segundo lugar conquistado no sábado, João Victor Oliva registrou seu terceiro índice mínimo para representar o Brasil em Paris-2024. A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) definiu o intervalo das seletivas entre 01/01 a 03/06, portanto, apenas após esse período é que a entidade divulgará uma lista de candidatos com três conjuntos, informando o vitorioso no dia 15/06.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Para concorrer à vaga do Brasil no Hipismo Adestramento, os conjuntos precisam participar de pelo menos dois CDIs de 3* a 5*, alcançar no Grand Prix o índice mínimo de elegibilidade, que é de 67% de nota média final e com ao menos um juiz 5* da Federação Equestre Internacional (FEI), e competir no Grand Prix Special. João Victor Oliva busca participar de sua terceira Olimpíada. Ele conquistou as inéditas medalhas de prata individual e por equipes nos Jogos Pan-Americanos Santiago-2023.

Hipismo nos Jogos Olímpicos

Filho da lenda do basquete Hortência Marcari, João Victor Oliva representou o Brasil nos Jogos Rio-2016 e Tóquio-2020. O adestramento é uma das três modalidades em disputa do hipismo, bem como as provas de salto e CCE. O hipismo nos Jogos de Paris-2024 é um esporte totalmente aberto para gêneros, assim como foi também nas edições anteriores. Desta forma, é o único esporte em que homens e mulheres competem juntos em todos os eventos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *