Desde que deixou o Palmeiras em 2022 para viver o sonho de atuar no futebol europeu, o meia Gustavo Scarpa não sabe o que é contribuir diretamente para gols – seja marcando um ou distribuindo assistências. Na Europa, durante a última temporada, o atleta disputou 21 jogos entre Nottingham Forest e Olympiacos, mas sem sucesso em ambos os clubes. No fim de 2023, o nome de Scarpa passou a ser sondado em clubes do Brasil, entre eles o Palmeiras.

À época de um possível retorno de Gustavo Scarpa ao futebol brasileiro, a diretoria do Verdão negou qualquer possibilidade de recontratação do meia, justificando que não via sentido em pagar por alguém que estava no clube até pouco tempo e não quis aceitar as ofertas alviverdes por uma renovação. Desta forma, Scarpa teve caminho livre para negociar com outras equipes e fechou com o Atlético-MG por cerca de R$ 27 milhões.

Na atual temporada pelo Galo, em sete jogos disputados, Scarpa ainda não conseguiu desempenhar um bom futebol na equipe de Luiz Felipe Scolari, o Felipão. A expectativa dos torcedores atleticanos era de que o meia repetisse o sucesso de 2022 pelo Palmeiras, quando foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro; porém, apesar do início ruim, ainda é cedo para cravar o insucesso de Scarpa no clube mineiro.

Gustavo Scarpa afirmou que não está em suas melhores condições

Em entrevista, Gustavo Scarpa falou sobre o seu momento no Galo: “Acho que preciso pegar um pouco mais de ritmo, mais condição física e técnica. Tenho visto que futebol é 80% de confiança e eu estou precisando retomar isso, mas estou feliz, porque todo mundo aqui me recebeu bem. Espero que esses jogos venham para me fortalecer e dar a confiança que eu estou precisando.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *