Na imagem, Gustavo Heide vibrando com o ponto.

Instagram/ @gustavo.heide

Na decisão entre duas promessas do tênis brasileiro, a vitória foi do mais velho. Gustavo Heide, de 22 anos, superou João Fonseca, de 17, na final do Challenger de Assunção, disputada neste domingo na capital paraguaia. A vitória de Heide, que conquistou o primeiro torneio deste nível da carreira, foi conquistada com parciais de 7/5, 6/7 (6/8) e 6/1.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O primeiro set da decisão no Paraguai foi um festival de quebras. Gustavo Heide derrubou duas vezes o serviço de João Fonseca e rapidamente abriu 4/1. Mas o jovem carioca reagiu, devolveu os dois breaks e empatou em 5/5. Quando teve a chance de passar na frente, entretanto, Fonseca voltou a não conseguir confirmar seu saque. Heide então se aproveitou e conseguiu fechar a parcial inicial em 7/5 depois de 1h06 de jogo.

A derrota no set inicial não desanimou João Fonseca. O tenista de 17 anos conseguiu uma quebra logo de cara e abriu 3/0. Como na primeira parcial, os dois tenistas tinham dificuldades para confirmar seus serviços. Com mais um break de cada lado, o placar foi a 5/2 para Fonseca.

Mas Gustavo Heide reagiu, devolveu a quebra e venceu três games seguidos para empatar em 5/5. Com mais um saque confirmado de cada lado, o segundo set foi para o tie-break. O desempate foi extremamente equilibrado, mas João Fonseca levou a melhor e fechou em 8/6.

Set decisivo

O começo do terceiro set foi impressionantemente equilibrado. O primeiro game da parcial foi interminável. Foram disputados 23 pontos. João Fonseca teve quatro break points a seu favor, mas todos foram salvos por Gustavo Heide, que, no fim das contas, conseguiu confirmar o serviço.

O segundo game não foi tão longo quando o primeiro, mas novamente quem estava sacando sofreu. Gustavo Heide teve três chances de quebra, mas João Fonseca conseguiu salvar todas e empatou em 1/1.

Só no terceiro game, o sacador conseguiu confirmar o serviço sem maiores problemas e Gustavo Heide fez 2/1. No quarto game, ele conseguiu ampliar a vantagem para 3/1. Heide teve três break points em 0/40, João Fonseca salvou dois, mas levou o ponto no terceiro.

A partir daí o jogo ficou sob o domínio de Gustavo Heide, que voltou a quebrar mais duas vezes o adversário para fechar o jogo em 6/1 e conquistar o título do Challenger de Assunção.

Daniel Dutra Silva campeão em Maceió

Em outra final entre brasileiros, Daniel Dutra Silva derrotou Mateus Alves e conquistou o título do ITF de Maceió. O tenista de 35 anos levou a melhor sobre o adversário 12 anos mais novo com parciais de 4/6, 7/5 e 6/3 após 2h39 de jogo. Foi o primeiro torneio internacional de tênis disputado em Alagoas desde 1992.

Carol Meligeni para na semifinal em Campinas

Por causa das chuvas da semana, o ITF de Campinas teve rodada dupla neste domingo para definir a campeã. Na semifinal, a romena Oana Gravila derrotou Carolina Meligeni com parciais de 7/6 (7/1), 6/7 (8/10) e 7/5 em 4h03 de partida.

Pouco antes, a russa Ekaterina Makarova bateu a argentina Julieta Estable em durou 3h16 com parciais de 7/5, 6/7 (6-8) e 6/4.

Após um tempo de descanso, a romena e a russa voltaram à quadra para disputar a decisão. Oana Gravila garantiu o título ao vencer por 6/2, 3/6 e 6/1.

Na final de duplas, a brasileira Julia Konishi e a japonesa Wakana Sonobe ficaram com o vice-campeonato ao perder para a norte-americana Jaeda Daniel e a russa Maria Kononova, por 6/0, 6/7 (3-7) e 10-4.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *