Nacional-URU e River Plate empataram por 2×2 na noite desta terça-feira (7), em partida válida pela 4ª rodada do Grupo H da Copa Libertadores da América, disputada no Estádio Parque Central em Montevidéu.

Os argentinos saíram na frente com gols de Miguel Borja e Facundo Colidio, mas os uruguaios reagiram no segundo tempo e igualaram o placar com dois gols de Gonzalo Carneiro, ex-atacante do São Paulo.

O River Plate abriu o placar logo aos 8 minutos, com um chute de fora da área do atacante Miguel Borja, ex-Palmeiras. O segundo gol dos visitantes veio ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos, quando Borja apareceu mais uma vez, desta vez, para servir Colidio, que completou a jogada e ampliou a vantagem.

O Nacional, que teve Mauricio Pereyra e Mateo Antoni amarelados no primeiro tempo, conseguiu diminuir aos 32 minutos da etapa final em cobrança de pênalti de Gonzalo Carneiro.

O artilheiro uruguaio empatou o jogo dois minutos depois, ao aproveitar um cruzamento certeiro de Leandro Lozano.

Apesar de ter sido superior na posse de bola (57% a 43%) e nas finalizações (20 a 12), o River Plate não conseguiu garantir os três pontos. O Nacional se mostrou bastante eficiente nas oportunidades criadas e contou com grande atuação do goleiro Luis Mejía, que fez pelo menos três defesas difíceis. Do outro lado, Franco Armani também trabalhou muito e evitou uma derrota dos argentinos.

Com o resultado, o River Plate segue na liderança do Grupo H da Libertadores, com 10 pontos após 4 rodadas. O Nacional está na segunda posição da chave, com 7 pontos.

Na próxima rodada, o clube argentino recebe o Libertad no Monumental de Núñez, em Buenos Aires. Já os uruguaios visitam o Deportivo Táchira.


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *