No encontro entre as duas únicas seleções sul-americanas que nunca ganharam a Copa América, a Venezuela venceu o Equador por 2 a 1, de virada, neste sábado (22), na estreia de ambos na edição 2024 disputada nos Estados Unidos. O jogo foi realizado em Santa Clara, na região de San Francisco.

O atacante equatoriano Enner Valencia, do Internacional, foi expulso aos 21 minutos do primeiro tempo. Ele acertou o pescoço de Herrera, da Venezuela, após tentar um chute no setor ofensivo. Inicialmente, o árbitro Wilmar Roldán deu o cartão amarelo, mas, após chamado pelo VAR, decidiu pelo vermelho.

Mesmo com um a menos foi o Equador quem abriu o placar, aos 39 minutos. Kendry Páez, de 17 anos, levantou a bola na área, a defesa afastou mal e Sarmiento, de primeira, chutou para vencer o goleiro Romo.

No segundo tempo, entretanto, a vantagem numérica pesou, e a Venezuela virou. Primeiro com gol de Cádiz, aos 18 minutos, após passe de Rondón. Dez minutos depois, Eduard Bello marcou após aproveitar rebote em cabeçada de Rondón.

A Venezuela conseguiu controlar o jogo com um a mais e manteve o placar. No Grupo B ainda estão México e Jamaica, que jogam neste sábado (22).

O Equador volta a campo pela Copa América contra os jamaicanos na próxima quarta-feira (26), às 19h (de Brasília), enquanto os venezuelanos encaram os mexicanos às 22h (de Brasília), também na quarta.


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *