Em Los Angeles, nos Estados Unidos, onde acompanha a preparação da Seleção Brasileira para estrear na Copa América, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, lamentou nesta sexta-feira (21) a morte de Celeste Arantes, a mãe de Pelé.

“Hoje é um dia triste para os fãs do futebol. O Pelé sempre teve um carinho especial pela Dona Celeste, que nos cativava. Dona Celeste foi uma mulher negra que lutou junto com o seu marido para superar os obstáculos e criar uma família com muita honra e dignidade. Gostaria de enviar minhas condolências aos familiares e amigos neste momento de pesar”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Nascida em Três Corações, em Minas Gerais, Dona Celeste Arantes, mãe de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, faleceu aos 101 anos nesta sexta-feira (21), em Santos, no litoral de São Paulo.

A causa da morte ainda não foi divulgada. A CBF reitera os sentimentos e deseja… pic.twitter.com/6a4NYAI5Pc

— CBF Futebol (@CBF_Futebol) June 21, 2024

Dona Celeste morreu nesta sexta-feira (21), em Santos, cidade onde Edson Arantes do Nascimento, seu filho, fez carreira no futebol jogando no Santos como Pelé.

Ela tinha 101 anos e estava hospitalizada há oito dias, mas não teve a causa da morte confirmada.

Celeste era mãe de três filhos, todos frutos do relacionamento com Dondinho: Pelé, Jair e Maria Lúcia. A única mulher era responsável pelos cuidados com a mãe. O pai de Pelé morreu em 1996.

Celeste era contra a carreira de Pelé no futebol. O pai, Dondinho, teve carreira frustrada no esporte com muitas lesões.

Pelé homenageou a mãe no dia 20 de novembro de 2022. O dia, marcado pela abertura da Copa do Mundo do Catar, coincidiu com o centenário de Celeste.

“Desde criancinha, ela me ensinou o valor do amor e da paz. Eu tenho muito mais de uma centena de motivos para agradecer por ser o seu filho. Compartilho essas fotos com vocês, com muita emoção por celebrar este dia. Obrigado por todos os dias ao seu lado, mãe”, escreveu.

  • 1 de 6

    Mercedes Benz S-280, dada a Pelé por montadora em 1974, em comemoração ao milésimo gol do atleta

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

  • 2 de 6

    Parte de cima do jazigo dourado

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

  • 3 de 6

    Fotos da carreira de Pelé

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

  • 4 de 6

    Camisa da Seleção Brasileira no Mausoléu do Pelé

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

  • 5 de 6

    Edinho mostra estátua do pai no Mausoléu do Pelé

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

  • 6 de 6

    Jazigo dourado e com imagens de momentos marcantes da carreira de Pelé

    Crédito: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Pelé morreu no dia 29 de dezembro de 2022, em São Paulo. A mãe, à época, estava acamada e não soube da notícia de imediato.

Em razão do falecimento de Dona Celeste, a CBF determinou que haja um minuto de silêncio em todas as partidas do fim de semana organizadas pela confederação brasileira.

A Seleção Brasileira estreia na Copa América na próxima segunda-feira (24), contra a Costa Rica, no SoFI Stadium, em Inglewood, na região de Los Angeles. No Grupo D ainda estão Paraguai e Colômbia.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *