Na noite deste domingo (30), o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, abriu o jogo sobre a situação de Gabigol. O atacante foi cortado do jogo diante do Cruzeiro e está perto de deixar o clube rubro-negro.

Em entrevista na zona mista do Maracanã após a vitória por 2 a 1 contra o Cruzeiro, o cartola assumiu que o jogador não foi relacionado por conta de uma possível negociação. Na última sexta-feira, Júnior Pedroso, deu declarações fortes em entrevista ao Sportv. Ele afirmou, entre outras coisas, que o Flamengo não quer a permanência do atacante.

“A partir do momento que eles se posicionaram que agora, a curto prazo, iriam procurar novos ares, estamos contribuindo com o empresário deles de não deixar completar o sétimo jogo para que eles possam exercer o trabalho de ir ao mercado para tentar ajustar alguma proposta ao Flamengo”, disse Marcos Braz.

“Se não tiver uma compensação financeira para o Flamengo, que seja um bom negócio para o Flamengo, ele vai ficar até o final. Fica aqui, vai exercer o direito dele de ficar até o final, a gente também”, explicou o dirigente.

Rivais, Corinthians e Palmeiras também demonstraram interesse ao longo dos últimos meses. Nenhum dos clubes confirmam a intenção de contar com o jogador.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *