O centroavante Rafael Borré acabou desistindo da sua decisão anterior envolvendo o Inter e agora a torcida está chorando de raiva, mas, até aqui, quem saiu perdendo não foi o Colorado. O atleta permaneceria no Werder Bremen até o final da temporada europeia, mas isso acabou sendo mudado de última hora e agora os adeptos alemães podem chorar na despedida.

Os últimos meses foram de uma verdadeira novela dentro do Clube do Povo, tendo em vista que o time estava tentando fazer de tudo que podia para conseguir fechar a vinda da sua maior contratação para a temporada. Apesar de já ter fechado a compra dos direitos do colombiano, o time vermelho ainda precisava fazer com que ele fosse liberado da equipe para quem estava emprestado.

Com isso, quando tudo indicava que não haveria mais tempo para que a transferência fosse realizada nesta janela, já que o prazo vai somente até o dia 7 de março, toda a negociação envolveu uma grande mudança de planos e desistência do Werder Bremen em permanecer com Rafael Borré. Agora, ele está chegando no Beira-Rio para dar sequência em sua carreira vestindo vermelho.

Alessandro Barcellos fala da chegada de Borré

No último final de semana, o Clube do Povo conseguiu vencer o Juventude, fora de casa, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho. Depois do jogo, Alessandro Barcellos foi aos microfones e acabou fazendo uma fala em relação a vinda antecipada de Rafael Borré, empolgando bastante os torcedores colorados, mas deixando os alemães bem inconformados.

“Ainda faltam detalhes para serem acertados entre Werder Bremen, Inter, jogador, agente e Eintracht Frankfurt para que faça exames aqui em Porto Alegre já na terça. Essa vinda antecipada não se dá apenas por recursos, muito menos apenas recursos do Inter. Há de se elogiar todas as partes, que fizeram esforços para podermos viabilizar a chegada antecipada do atleta”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *