O Atlético-MG está se preparando para a grande final do Campeonato Mineiro, contra o Cruzeiro, que começa neste sábado (30), na Arena MRV, às 16h30. Com presença única de atleticanos no jogo de ida, o Galo terá estreia de novo treinador após demissão de Felipão e pode ter corrido grande risco antes de grande decisão que tem pentacampeonato em jogo.

Nos últimos dias, o Galo anunciou a contratação de Gabriel Milito, treinador de 43 anos que estava sem clube e teve passagem positiva pelo Argentino Juniors em 2023. Para comentarista, o Atlético correu grande risco que pode custar o título estadual, fazendo o Cabuloso sair de jejum amargo que vem desde 2019.

Para Rica Perrone, o Galo fez aposta muito alta na contratação do argentino. “Ele tem uma carreira muito pequena, que implica em nenhum título conquistado. Pelo o que vi, nenhum trabalho mega notável dentro do Campeonato Argentino. Nada de absurdo na carreira dele, de modo que não entendo o porquê o Atlético está fazendo essa opção”, avaliou Rica Perrone.

Vitorioso como jogador, Milito ainda tenta ganhar tamanho destaque como treinador e terá a primeira experiência atuando no futebol brasileiro. “Talvez o Atlético tenha encontrado nas características dele, alguma coisa que tenha feito acreditar nesse trabalho. Caso contrário, parece mais um Turco Mohamed, que vão tentar e ver o que acontece”, acrescentou o comentarista.

O Cruzeiro, que não tem nada a ver com a situação, vem seguindo a preparação na Toca da Raposa. O jogo de volta acontece no dia 7 de abril, no Mineirão, onde apenas cruzeirenses estarão presentes. Mais de 45 mil ingressos já foram vendidos antecipadamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *